sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Eu sou...

Eu sou um poema inacabado
Que ninguém nunca leu
Eu sou
Aquele sonho bonito
Que ninguém realizou.
Eu sou
Aquela paixão gostosa
Que por medo, alguém sufocou.
Eu sou
O amor que alguém esperava
Mas nunca chegou.


Clarice Lispector
Postar um comentário