Borboleta é pétala que voa... Clarice Lispector
Esta vida é uma viagem, pena eu estar só de passagem ... Paulo Leminski

sexta-feira, 11 de março de 2011

Março - Mês da MULHER

As mulheres na revolução no Oriente Médio
Por Stanilaw Calandreli

Quando a poeira da Revolução do Egito começou a abaixar e o país a esforçar-se em direção a um governo democrático, uma boa parte das mulheres que participaram lado a lado com os homens na Praça de Tahrir no Cairo estranharam o fato de que nenhuma mulher foi nomeada para a Comissão de Reforma da Constituição.
Nawaal el-Saadawi

A proeminente autora e ativista egípcia Nawaal el-Saadawi diz que isto irritou as mulheres que marcharam na passeata em igualdade com os homens para depor o antigo presidente Hosni Mubarak – justamente por se sentirem lançadas de volta aos velhos costumes e de se sentirem alienadas na nova ordem. Disse também que as mulheres sentem que seus direitos estão sendo tomados.

14 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Infelizmente as mulheres do Oriente, ainda vão ter muito que lutar para conquistarem um papel importante em suas sociedades. São séculos de costumes e tradições machistas.
Bjux

Blue disse...

Falta muito ainda para que nestes paises árabes, as MULHERES terem os mesmos direitos. Muita luta ainda pela frente, mas se houver democracia plena, haverá de chegar este dia. Embora, democracia por lá, é mais ou menos a nossa aqui: manda quem pode... obedece quem precisa!

Beijo

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

REALMENTE MARÇO É O MÊS DAS MULHERES MUITAS COISAS LINDAS ACONTECEM!
ADOREI VIR AQUI E OUVIR ELVIS PRESLEY!!
BEIJO

LUCIMAR SIMON disse...

Março o mes da mulher, mas a verdade o ano todo, todos os meses sao os meses delas, dessas guerreiras, que dao tanto alegrar aos nossos dias, essas mulheres que lutam por dias melhores, O mundo se rende a sua sutileza e graça. se entrega aos teus carinhos, mas as vezes nao a reconhece em teu valor maior.

Felicidades as mulheres deste mundo... e um salve em especial a vc minha amiga e blogueira linda...Lia

lucidreira disse...

E da-lhe, da-lhe, mulheres Árabes.
Parabéns a todos as maravilhosa mulheres do mundo inteiro.

Abraço

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Uma pena que essas mulheres ainda tenham que enfrentar muita luta para verem reconhecidos seus direitos!

Um beijo,saudades!

Sonia Regina

orvalho do ceu disse...

Olá, querida Lia
Que vc possa realizar seus objetivos e tenha dias abençoados daqui pra frente.
Bjs de paz e excelente tarde de Domingo.

Raros da Web disse...

Parabéns pelo blog!
Sucesso!

Phivos Nicolaides disse...

Como se costuma dizer, a democracia é um sistema político muito difícil, mas todos os outros são piores! Espero por um mundo melhor e mais democrático em todo o mundo. Bjs Felipe
As they say, democracy is a very adifficult political system, but all the others are worse! I hope for a better and more democratic world worldwide. Hugs, Philip

Tais Luso disse...

Oi, Lia, se algumas coisas daqui, do ocidente, levaram anos para serem reconhecidas e implantadas por mulheres, imagine noutras bandas em que o machismo ainda impera com muita força. Lá, ainda falta longa cominhada. Pra nós até parece coisa de outro mundo, a partir da vestimenta e de outros costumes tão básicos...

bjs, amiga.
Tais Luso

Malu disse...

Menina, muito bem lembrada postagem a essas mulheres que ainda percorrem um caminho sangrento em busca de uma reduzida ou quase ausente liberdade.
Abraços

Magia da Inês disse...

Olá, amiga!

Passei para ver as novidades...
Gostei.
Bom fim de semana!
Tudo de bom!
Beijinhos.

Minas°º♫♫
✿ܓܓ♫♫
°º
•*• ♫♫° ·.

FÊNIX CRUZ disse...

Olá, Lia. A História está marcada por situações em que a mulher é chamada a colaborar, contudo, ao final da batalha primeira, está ela de volta a lutar por direitos próprios - imediatamente esquecidos (e prometidos)após a "consolidação" do "Novo". Novos personagens - velhos costumes...

Beijos em seu coração!

Luma Rosa disse...

Toda ditadura é machista! As mulheres do ocidente precisam a todo momento se posicionar, imagina elas que vivem sob o manto do subjulgo? No oriente, o melhor papel ainda é ser mãe, quando não lhe tiram o filho.
Ontem estava lendo sobre as primeiras damas daquela região. Impressionante a forma como utilizam da imagem delas para enganar o povo.
Boa semana! Beijus,