quarta-feira, 11 de março de 2015



Não é descaso que procuro.
Quero, sim, ausentar-me de mim.
Dormir para não existir.


___ Mia Couto
Postar um comentário